Cansado após cinco horas de depoimento, Lula subiu no palanque no centro de Curitiba, na noite de ontem, e, entre tantas outras coisas, disse que preferia "ser atropelado por um ônibus" a mentir:

"Se um dia eu tiver que mentir para vocês, eu prefiro que um ônibus me atropele em qualquer rua deste país."

É bom ele tomar cuidado. Como diz um velho adágio popular, "é preciso ter cuidado com o que se deseja".

Vai que os anjos dizem amém...

(Com O ANTAGONISTA)