Os políticos não estão onde estão por obra do acaso; eles foram eleitos pelo povo. E para cumprir a “estafante tarefa” de representar a população que os elegeu, precisam preservar o mandato ― e considerando que 1/3 dos senadores e 1/4 dos deputados federais estão enrolados com a Justiça, preservar o mandato também é fundamental para manter o foro privilegiado, sinônimo de ampla, total e irrestrita impunidade pelos crimes cometidos e os que ainda virão a sê-lo.

Para se eleger ou reeleger, os políticos fazem campanhas milionárias. Para bancar essas campanhas, assaltam descaradamente os cofres públicos. E ainda que os preços nossos de cada dia terão aumentado 54% entre janeiro de 2011 e o final deste ano, o aumento do achaque promovido pelos partidos políticos será de 880% no mesmo período, ou seja, 16 vezes mais do que a inflação.

Continue lendo em http://fernandomelis.blogspot.com.br/2017/10/dinheiro-rodo-para-partidos-politicos.html