O ministro Napoleão Nunes Maia, do TSE, concedeu ― na última quinta-feira ― 48 horas para que o ex-presidente apresente defesa contra a acusação de que está antecipando campanha à Presidência da República em 2018.

A julgar pela maneira como Lula reage sempre que é pego com as calças na mão, certamente dirá que não sabe de nada, que não viu campanha alguma, que as fotos e vídeos divulgados (pelo próprio PT e seus militantes-capacho) são tudo invenção da mídia, da Globo, do juiz Moro, etc. e tal ― tudo com a intenção de impedi-lo de ocupar o lugar a que pertence, qual seja a cadeira elétrica, digo, a cadeira presidencial. CONTINUE LENDO EM http://fernandomelis.blogspot.com.br/2017/11/lula-48h-para-se-defender.html