Faço uma pausa no retrospecto 2017 para parabenizar o juiz Sérgio Fernando Moro ― titular da 13ª Vara Federal de Curitiba e elemento-chave na cruzada da Lava-Jato contra a corrupção ―, por figurar entre os “BRASILEIROS DO ANO 2017“ eleitos pela revista ISTOÉ.

Uma resenha sobre o trabalho do magistrado pode ser lida tanto no site da revista quanto na edição impressa (que está nas bancas desde o último sábado).

Na matéria, são relembradas as prisões de diversos políticos poderosos ― como o ex-governador do Rio Sergio Cabral, o ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha e os ex-ministros petralhas José Dirceu e Antonio Palocci ― e a condenação do ex-presidente Lula a nove anos e meio de prisão... CONTINUE LENDO EM http://fernandomelis.blogspot.com.br/2017/12/sergio-moro-brasileiro-do-ano-2017.html